Ir para o conteúdo

Estudar na França Cooperação universitária

Dentro da rubrica :
veja também

Estudar em França Estudar na França

Estudar em França

Preparando-se para fazer o mestrado e doutoramento

Os estabelecimentos públicos do Ensino Superior em Moçambique, na quase totalidade de formações do primeiro ciclo universitário (licenciaturas) apresentam bastante disciplinas de formação, facto que dificulta a sua inscrição num estabelecimento de Ensino Superior francês para a formação neste nível.

Assim, este artigo inscreve-se/propõe-se a tratar das iniscrições ao nível do mestrado e doutoramento. Na sua composição, apreenta vários subtítulos, em forma de pequenas rubricas que lhe ajudarão a melhor compreender os procedimentos e as vantagens de estudar num estabelecimento de ensino na França, até lhe fornecerá algumas estratégias de financiamento por parte deste governo.
Como obter financiamento para estudar na França.

Para a maior parte dos candidatos a inscrições nos níveis de mestrado e doutoramento, num estabelecimento de ensino superior francês, o primeiro problema com o qual se deparam tem que ver com a falta de finaciamento dos seus estudos/formação.

E, dentre as várias estratégias de financiamento existentes, a mais evidente tem sido a obtenção de uma bolsa financiada pelo Govern francês. O que significa que, em cada ano, a Embaixada de França em Moçambiquelança uma campanha de bolsas, permitindo aos candidatos selecionados de cobrir as suas despesas e custos de formação/estudo aos níveis de mestrado e doutoramento na França.

No geral, esta campanha começa em Julho. E, os interessados têm a possibilidade de construir o seu dossier até Dezembro desse mesmo ano. As respostas a estas chamadas são publicadas no ano seguinte (em Fevereiro) para as formações que iniciam em Setembro, de acordo com o calendário francês.

Sendo que os interessados em obter mais informações sobre a campanha de bolsas deste Governo, no que cerne ainda ao calendário, conteúdo e documentos exigidos/necessários para constituir o seu dossier e ou até aos critérios de seleção, têm disponível a página web http://www.ambafrance-mz.org/-bourses-du-gouvernement-francais .

Ora, um dos critérios de realce para a avaliação dos candidatos à bolsa do Governo francês está ligado ao nível de conhecimento da língua francesa. E sobre este ponto poderá consultar a página web do centro cultural Franco-moçambbicano, situado em Maputo: http://www.ccfmoz.com/cours-de-francaisou ainda se poderá informar junto ao Departamento de Francês da sua Universidade.

A escolha de uma formação

Sobre este ponto existe um determinado número de informações, bastando a consulta da página web do Campus France. Uma agência francesa responsável pela promoção do Ensino Superior, acolhimento e mobilidade internacional. Um estabelecimento criado sob tutela dos Ministérios dos Negócios Estrangeiros e do Ensino Superior e Pesquisa: http://www.campusfrance.org/fr/ .

Esta página contém imprecisões no que cerne às candidaturas ao doutoramento e mestrados.Os candidatos ao doutormento consultarão na rubrica "A pesquisa na França", na janela "organização dos estudos doutorais".

Na rubrica "Estudar na França" está disponível uma lista de estabelecimentos do Ensino Superior Francês, os diversos tipos de formação propostas, a descrição, o decurso, o custo e o financiamento dos seus estudos.
Obter a sua formação.

Indo pela janela "obter a sua formação", isto é, escrevendo o nível de formação pretendida (catálogo) e a disciplina (palavra-chave), ser-lhe-á disponibilizada uma lista da maioria das formações existentes na França, correspondentes à vossa escolha, organizada por cidades. Note-se, porém, que esta página não apresenta informações referentes a todas as áreas de formação.

No entanto, clicando sobre uma das áreas de estudo/formação proposta na lista, você obterá as indicações sobre o nome exacto da área de formação, as coordenadas do estabelecimento proponente e a página web que descreve precisamente o seu conteúdo.

Candidatar-se a uma inscrição de mestrado

Na maior parte das Universidades francesas, os candidatos a uma incrição de mestrado devem preparar um dossier que será posteriormente examido por um júri de admissão, sempre reunido no início de Junho. Este dossier deve obter, no geral, o comprovativos dos estudos universitários feitos/efectuados (desde os exames dos estudos secundários até à obtenção da licenciatura).

Tais deverão incluir as devidas declarações de notas e um projecto de pesquisa, escrito em 5 páginas (contendo a contextualização, o problema da pesquisa e as metodologias) a ser examinado e discutido na presença do estudante para as possíveis clarificações.

Aqui está um exemplo de procedimento e acesso ao mestrado um (M1) em Ciências Sociais, Departamento de Sociologia da Universidade de Paris 8


"Acesso ao M1"

A análise das candidaturas é feita por um júri composto por professores pesquisadores. Ela decorre em dois momentos:

  • Exame do dossier e do conteúdo do projecto profissional;
  • Entrevista com os estudantes aceitos sobre os seus projectos com vista a lhes instigar a um elevado nível de comprometimento com a formação.Para os estudantes residentes no estrangeiro, estes são contactados por vídeo-conferência.

Candidaturas a uma inscrição de doutoramento

A primeira condição para a inscrição ao nível do doutoramento é a aceitação do seu projecto por um professor habilitado a dirigir uma tese. É o professor que conhece a importância de tal projecto de pesquisa, desenhado pelo estudante.
Veja-se como a escola doutoral de Ciências Sociais da Universidade de Paris 8 descreve as condições de acesso ao doutoramento:
"Admissões 2016-2017"

Condições de Acesso ao doutoramento

Para se increver ao doutoramento, você deve ser titular de um diploma nacional de mestrado ou de um outro diploma que lhe confira o grau de mestre, com um percurso de formaçção estabelecendo a sua aptidão para a pesquisa.
Se este condicionalismo não for cumprido/preenchido, o chefe do estabelecimento pode por isenção ou sob conselho da escola, inscrever:

  • Os estudantes tendo efectuado, no estrangeiro, estudos do nível equivalente;
  • Os estudantes beneficiando-se de validação do tempo de experiência.

A inscrição ao doutoramento é promulgada pelo chefe do estabelecimento sob proposição do director da escola doutoral, após ouvir a opinião do director da tese e do director da unidade de pesquisa.

Condições de Admissão na Escola Doutoral de Ciências Sociais

Antes das inscrições administrativas para o doutoramento, o estudante deve manter contactos com o professor pesquisador ou um pesquisador habilitado a dirigir uma tese. Uma inscriçção é submetida ao pedido de aceitação para um director de tese que se pronuncia sobre o projecto da tese que o estudante lhe deve enviar por escrito.As direcções dos laboratórios podem ser solicitadas por e-mail para orientar o estudante, a um eventual director de tese.

Assim, o dossier de inscrição compreende:

  • Uma carta de candidatura;
  • Um projecto de tese (em uma dezena de páginas, definindo o conteúdo, as primeiras indicações bibliográficas, a inscriçção do conteúdo nas diferentes áreas de pesquisa dos devidos laboratórios).
  • O envio de um Curriculum Vitae;
  • A cópia do diploma;
  • A declaração de notas de mestrado;
  • Importa ainda salientar que:
  • O conteúdo da tese deve-se adequar aos domínios da pesquisa do director da tese e das linhas de pesquisa do laboratório;
  • A menção "bien" (14/20) ao nível do mestrado é também bastante relevante e uma das condições de aceitação ao nível do doutoramento;
  • A proposta do plano de trabalho, prevendo todas as actividades é de tamanha importância para o efeito.
O seu sítio contém fóruns por assinatura; os visitantes são convidados a registar-se no sítio público.